Startups da Supera ganham Prêmio BioStartup Lab em inovação médica

 In Mídia

As empresas garantiram um segundo e quinto lugar

Iniciado para fomentar novas ideias para às áreas de ciências da vida, o Prêmio BioStartup Lab foi uma plataforma para duas startups da Supera em Ribeirão Preto. A In Situ Terapia Celular da Carolina Caliari, ficou em segundo na rodada Interfarma, e a quinta colocação ficou para a Biopolix.

Fundado em parceria entre a Biominas Brasil, a Agência USP de Inovação e a Interfarma, o prêmio permitiu projetos de agronegócio, saúde, meio ambiente, digital health e saúde mental.

O programa de aceleração do BioStartup permitia a todos os participantes o teste e aplicação de seu produto principal. Com a presença de diversos especialistas o programa ajudava no desenvolvimento de um modelo de negócio, encontrar um mercado, além de auxiliar na captação de recursos e gestão de negócios.
Carolina Caliari, fundadora da In Situ, disse que o maior ganho com o resultado foi a visibilidade que o prêmio trouxe. “O prêmio traz muita visibilidade, pois entramos em contato não só com as empresas latino-americanas, mas também do mundo inteiro”, revelou.

A In Situ Terapia celular usou de uma técnica de bioimpressão 3D para fabricar biocurativos contendo células-tronco, que serão utilizados no tratamento de pacientes com úlcera crônicas e queimaduras graves.
A Biopolix, quinta colocada, desenvolveu um bioanéstisico tópico para o uso odontológico junto a professora Claire Vendruscolo. A empresa atua no desenvolvimento de biomateriais, com o lema de criar produtos que são biocompatíveis biodegradáveis e de fonte renovável.

O nosso maior ganho foi aprender sobre o modelos de negócio e a inserção no mercado de saúde”, afirmou Luisa Vendruscolo, cofundadora da startup. “Obviamente o reconhecimento é muito importante, mas a oportunidade de validar nosso produto na área da saúde foi realmente o nosso maior ganho. O BioStartup Lab foi muito importante no sentido de estar focado na área de biotech e saúde”, conclui.

O aumento de prêmios ajudam o desenvolvimento de inovações e na inserção da Universidade dentro da sociedade. “Mostra o aumento da inovação no país e como é cada vez mais comum a transposição de nossos conhecimentos a respeito de inovação para a Universidade”, conclui Carolina Caliari.

Link: http://www.inovacao.usp.br/en/startups-da-supera-ganham-premio-em-inovacao-medica

In Situ
Somos uma startup de base tecnológica da área da saúde, que visa oferecer como produto a terapia celular individualizada para tratamento de pacientes portadores de úlceras crônicas e queimaduras graves. Nosso principal objetivo é melhorar a qualidade de vida de nossos pacientes.
Recent Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text.